jump to navigation

Uma biblioteca pub ou um pub biblioteca? novembro 23, 2006

Posted by The Derbi in Energia, Personalidade.
trackback

Imagine beber cerveja barata, ouvindo rock: the ramones, the replacements, the buzzcocks, weezer, the pixies, liz phair, the clash, the rolling stones, the breeders, the stooges, david bowie, me first and the gimme gimmes, my bloody valentine, kraftwerk, adam ant, the cure, less than jake, motorhead, the smiths, the hives, oasis, soundgarden, nirvana, queens of the stone age, the misfits, serge gainsbourg and MUCH more on our award winning jukebox!! (segundo o MySpace do bar), jogando pinball, assistindo à filmes “b”, lendo livros (?) e sendo servido por bibliotecárias lindíssimas com pouca roupa (!!!???).

Library BarEm New York isso é possível!! Trata-se do Library Bar, um pub na avenida A, East Village, em Manhatan. Cotado pela imprensa como um dos melhores ambientes da Big Apple!

bibliotecáriasBem, você pode pensar que as supostas “bibliotecárias” são apenas garçonetes sensuais explorando um dos maiores clichês da fantasia erótica (provavelmente sim). Eu gostaria de deixar então uma outra polêmica para os puritanos de plantão:

O Library Bar é conhecido pelo ótimo atendimento e por todos os fregueses sairem satisfeitos. Os serviços prestados são de excelente qualidade. Será que temos esses atributos todos em nossas bibliotecas? (não estou me referindo às garçonetes!!)

Já tenho um lugar certo pra ir quando estiver em NYC!!!

***

Descobri o Library Bar lendo O Bibliotecário Anarquista, blog luso muito interessante, pelo posicionamento político, pelo teor informativo e pelo interesse especial por hitória em quadrinhos (que eles chamam por lá de “banda desenhada”).

***

 

Comentários»

1. Lia - novembro 23, 2006

adorei essa idéia! Pq essas coisas não existem no Brasil?

Um beijo

2. Burbles - novembro 23, 2006

não… hum… não…

3. Flávio - novembro 24, 2006

Conceito afetado. Remix do velho e não tão bom Terra à Vista com Garagem Hermética e Sauna da Gávea… Só podia ser no Village (o “Bonfim” nova-iorquino) mesmo…

4. burblesss - novembro 24, 2006

foi exatamente isso que eu quis dizer com “não…hum… não”, apesar de não saber o que é Sauna da Gávea.

5. Flávio - novembro 24, 2006

Sauna Gávea? Foi uma analogia para o atendimento feito por “bibliotecárias” gostosas. Mas acho que a Gávea nem existe mais… Pode trocar por Karan Dache que dá na mesma.

6. burblesss - novembro 25, 2006

socorro! preciso fumar um cigarro e refletir sobre minha existência!

7. The Derbi - novembro 25, 2006

Não, o conceito não é novo, mas quem é que precisa de conceitos pra tomar cerveja, ouvir música boa e jogar fliperama?

Se tudo que não é novidade for afetação então putz!! não saio mais de casa!! Fora aquela foto das tatuagens na página deles, o bar parece bem menos afetado que a maioria dos lugares indie de porto alegre (e detalhe, a cerveja lá é barata).

E quem dera a Oswaldo Aranha um dia tivesse parecido com o Village!

8. The Derbi - novembro 25, 2006

Sauna Gávea foi muito boa! tenho que reconhecer!! heheheheeh

9. burblesss - novembro 25, 2006

bem, se eu quero tomar cerveja, ouvir música boa e jogar sinuca eu vou pro sham rock! com certeza, enquanto eu estiver lá, não vou sentir a mínima vontade de ler um livro!

10. burblesss - novembro 25, 2006

bah, e se tivesse um assim em poa… imagine… eu acho que iria só uma vez. imagine a galerinha..

11. Flávio - novembro 25, 2006

Se tivéssemos aqui butecos, bibliotecas, gibitecas, casas de show, fliperamas, bocas de fumo e inferninhos decentes, como há em Nova York, já tava valendo. Mas a mistureba indie-afetada, eu dispenso.

P.S.: Se a Cidade Baixa é o Village, a Agostinho é o Bronx.

12. The Derbi - novembro 25, 2006

Tem razão. Não dá pra importar essas coisas pro Brasil (especialmente Porto Alegre). Mas não vejo absolutamente nada de errado em bares temáticos! O problema seriam as pessoas que os frequentam levarem isso (e a sí mesmas) à serio demais.

A agostinho é o Bronx e a Santa Rosa é o Harlem!

13. Burbles - novembro 25, 2006

misturar não dá mesmo! já temos que aguentar esse indies tomando cerveja do nosso lado, só que faltava ter que aguentá-los citando bukowski e tomando cerveja… aiai

14. Burbles - novembro 25, 2006

nada contra bukowski, claro

15. cfi - dezembro 2, 2006

A Osvaldo Aranha tem UM bar, e ele não é temático. Na verdade é uma lancheria. Na verdade é A Lancheria.

E, creio, andam citando (e emulando) o velho Henry por aí…

16. The Derbi - dezembro 2, 2006

Eu gosto muito do velho buko. Cito e emulo o Chinaski à torto e direito, a diferença é que eu não me levo à sério. O problema do Bukowski são seus seguidores tentando colocar ele num panteão que o próprio se recusava à pertencer. Buko não é alta literatura nem está no nível de Dostoievski.

17. cfi - dezembro 4, 2006

The Derbi: Então, concordo.

18. tarsischwald - dezembro 20, 2006

Bom, na verdade eu acho que vale a pena importar a idéia de bares temáticos. E esse arquétipo da Bibliotecária quente não deixa de ser um apelo…. eheheh


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: